Cada vez mais, a população tem exigido maior qualidade e variedade naquilo que consome. Por isso, muitas pessoas buscam dicas de alimentação saudável na Internet. O objetivo é entender melhor como os alimentos contribuem para o funcionamento do organismo e como as escolhas que fazemos à mesa são determinantes para a nossa qualidade de vida.

Ter uma alimentação saudável é possível. Para isso, é preciso ter conhecimento do que os alimentos podem nos oferecer, quais são as necessidades diárias do nosso organismo e quais alimentos podem prejudicá-lo.

Por isso, se você busca uma alimentação mais equilibrada, não deixe de ler este artigo. Nele, vamos lhe dar 6 dicas para que você se alimente de forma mais saudável. Acompanhe!

1. Consuma alimentos ricos em antioxidantes

Sabemos que o tempo passa para todo mundo, isso é inevitável. Para retardar o processo de envelhecimento, é importante incluir alimentos antioxidantes na dieta. Essas substâncias combatem os radicais livres, moléculas que em excesso atacam diversos componentes da célula e fazem os efeitos do tempo surgirem mais cedo.

Assim, é muito importante repensar as refeições que você faz diariamente. As frutas cítricas e os peixes de águas frias são excelentes fontes de antioxidantes naturais

2. Livre-se de maus hábitos alimentares

Diversos outros fatores influenciam na velocidade do envelhecimento, incluindo os hábitos alimentares que praticamos diariamente ao longo de toda uma vida. Práticas ruins de alimentação colaboram para o surgimento de diversas doenças crônicas, tais como diabetes, obesidade, pressão alta e problemas.

Assim, não poderíamos deixar de falar: evite alguns desses hábitos! Veja algumas sugestões:

  • busque não se alimentar cada dia em um horário nem pular refeições;
  • não substitua as refeições principais por lanches rápidos, como macarrões instantâneos ou outros produtos ricos em sódio;
  • evite comer assistindo televisão ou mexendo no celular;
  • não faça suas refeições com pressa.

3. Diversifique o cardápio

Uma alimentação saudável é aquela que fornece todos os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do nosso corpo. Por isso, você precisa incluir 4 categorias de alimentos nas principais refeições. Vamos conhecê-las:

Carboidratos

São os responsáveis por fornecer energia para as células. Embora sejam muito importantes em uma dieta equilibrada, é preciso tomar cuidado com o excesso de carboidratos, uma vez que eles apresentam um valor calórico elevado. O arroz integral, a batata-doce e a tapioca são exemplos de bons carboidratos que você deve consumir.

Proteínas

Elas participam de todas as estruturas do corpo, ajudam na construção dos tecidos, participam da reparação muscular e dos mecanismos de defesa. As proteínas podem ser encontradas tanto em alimentos de origem animal quanto vegetal. Veja alguns exemplos: ovos, carnes, quinoa, soja, grão-de-bico, laticínios e alimentos à base de whey protein.

Gorduras

Pode parecer estranho, mas as gorduras são indispensáveis. Afinal, elas funcionam como fonte de energia e fornecem ácidos graxos para a manutenção da saúde. Porém, a ingestão deve ser moderada e deve priorizar “gorduras boas”, como aquelas presentes nas nozes, castanhas, amêndoas, abacate, coco, azeite e salmão.

Vitaminas e minerais

Esses micronutrientes garantem uma série de benefícios ao corpo, tais como a melhora da circulação sanguínea, o funcionamento adequado do sistema nervoso e, até mesmo, uma aparência mais bonita. A gema do ovo, o leite e seus derivados, as frutas e os legumes são ótimos exemplos de alimentos ricos em vitaminas e minerais.

4. Dê preferência a alimentos orgânicos

Os produtos orgânicos são produzidos em um modelo no qual o cultivo não utiliza produtos químicos. Por essa razão, eles são considerados mais saudáveis, tanto para o meio ambiente quanto para a nossa alimentação.

São produtos gerados por processos naturais, sem agressão ao solo ou uso de agrotóxicos (que podem causar doenças). Sendo assim, você tem bons motivos para substituir os alimentos que consome por versões orgânicas.

Para saber como identificar quando um alimento é orgânico, procure o selo do SisOrg (Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica).

5. Reduza o consumo de alimentos nocivos à saúde

Agora, é a hora de falar sobre aquilo que você deve evitar. Mas calma! Não significa que você nunca mais vai consumir estes alimentos, apenas que deve evitar os exageros. Veja o que você deve restringir em sua dieta:

  • álcool: o consumo frequente de bebidas alcoólicas diminui as funções do fígado, prejudicando as células e podendo levar ao desenvolvimento da cirrose;
  • gorduras trans: encontrada nos sorvetes, salgadinhos, batatas congeladas e margarina, por exemplo, ela aumenta o nível do “colesterol ruim” do corpo (o famoso LDL) e favorece o desenvolvimento de doenças cardiovasculares;
  • alimentos industrializados: têm conservantes e aditivos químicos que prejudicam a saúde, atrapalhando a absorção de outros nutrientes.

Em longo prazo, você verá os benefícios da restrição desses alimentos: perda de peso, aumento da disposição, menor risco de alergias ou intoxicação alimentar.

6. Não deixe a hidratação de lado

Você sabia o seu organismo já está desidratado quando você sente sede? Por isso, a recomendação geral dos especialistas é beber ao menos dois litros de água por dia. Os motivos para isso são muitos. Conheça algumas funções da água em nosso corpo:

  • transporta oxigênio, nutrientes, hormônios e outros componentes para todas as células;
  • leva as toxinas das células para os rins, ou seja, desintoxica o organismo;
  • regula a temperatura corporal, já que ela é um dos componentes do suor.

Quem não gosta de beber água pode consumir chás de ervas como hortelã e cidreira (sem açúcar) para compensar. Sucos também podem ser boas opções, mas é preciso ter cuidado com as calorias.

Por isso, comece a se preocupar com a sua saúde já na parte de alimentação. Quer ter uma vida mais leve, equilibrada e longa? Pensar sobre os alimentos que você consome é o primeiro passo. Será que você está tratando bem do seu corpo? Use essas 6 dicas de alimentação saudável no seu dia a dia e você certamente verá a diferença.

E aí, este conteúdo foi útil para você? Que tal continuar a se informar a respeito de saúde em nosso blog? Conheça algumas curiosidades sobre a cúrcuma e fique por dentro de todos os benefícios dessa planta.

 

Powered by Rock Convert