O nosso organismo necessita de diversas substâncias para funcionar corretamente. É por isso que alguns nutrientes se tornam indispensáveis para a saúde. Sem eles a qualidade de vida das pessoas pode ser bastante prejudicada. A falta de cálcio, por exemplo, é um problema sério e pode trazer complicações ao longo da vida.

No entanto, é possível contornar essa situação. Basta procurar um especialista e fazer o diagnóstico certo para que o melhor tratamento seja realizado.

Quer conhecer um pouco mais sobre esse nutriente? Vamos mostrar o que é cálcio e qual é a sua função para o corpo. Confira!

O que é cálcio?

Trata-se de um nutriente poderoso que ajuda a controlar o funcionamento do corpo. Ele é um tipo de mineral que está em maior quantidade no organismo. Alguns estudos mostram que essa substância está presente em 1% ou 2% do peso corpóreo de um adulto.  99% dele está localizado nos dentes e nos ossos.

Qual é a função do cálcio para o organismo?

Na verdade, o cálcio apresenta diversas funções importantes. A principal delas é a formação dos ossos e dentes. Por isso, é importante manter uma dieta rica nesse nutriente para que seja possível oferecer manutenção da massa óssea e proteger todo o esqueleto.

Mas a sua importância vai muito além disso! Ele se torna essencial para outras funções biológicas, inclusive para funções neuromusculares, pois o cálcio é o fator principal para promover as reações nos músculos que causam a contração.

Além disso, também atua no interior das células, possibilitando a permeabilidade da membrana. Isso ocorre devido à ligação da substância com proteínas e fosfolipídios. Já em outras células, como as adrenais, a união promove a secreção de hormônios.

Outro papel que o cálcio desempenha no organismo está relacionado à coagulação, pois ele ajuda na ativação desse processo.

Qual é a importância do nutriente para a saúde?

Quando o corpo está nutrido com cálcio, ele passa a trabalhar melhor, evitando o surgimento de doenças. Com isso, você acaba tendo vários benefícios, tais como:

  • maior contração muscular
  • produção e liberação de hormônios essenciais para o funcionamento do corpo
  • controle da permeabilidade da membrana
  • melhora da metabolização do ferro
  • coagulação sanguínea
  • liberação de neurotransmissores
  • diminuição da pressão arterial
  • redução da massa gorda corporal
  • redução de chance de câncer de cólon
  • osteoporose, muito comum na terceira idade

O que a falta de cálcio pode provocar?

A ausência do nutriente pode ocasionar problemas severos no organismo. Os sintomas, conhecidos também como hipocalcemia, costumam surgir com o passar do tempo, quando a deficiência de torna muito prolongada.

Umas das reações mais graves é fraqueza nos ossos, palpitação no coração e sensibilidade nos dentes. Além disso, outras situações graves podem surgir, como:

  • falta de memória
  • espasmos nos músculos do corpo
  • formigamento nas mãos, pés rosto e, consequentemente, câimbras
  • depressão e, em alguns casos, alucinações
  • ansiedade e irritabilidade
  • cáries e outras doenças relacionadas com os dentes

Em relação aos ossos, a falta de cálcio pode enfraquecê-los, possibilitando a ocorrência de fraturas, especialmente em quedas mais bruscas. Em idade mais avançada, a quebra pode ser mais séria, fazendo com que a pessoa tenha que se submeter a tratamentos bem rigorosos.

A recuperação se torna difícil e aumenta as chances de desencadear outras doenças, como o aumento da pressão arterial, por exemplo.

Como manter o nível do cálcio no organismo?

Para manter uma boa quantidade de nutrientes no corpo, é necessário ter uma boa alimentação, ingerir alimentos ricos em cálcio. Contudo, não basta apenas ingerir essa substância, é fundamental também absorver vitamina D.

Essa vitamina pode ser encontrada no peixe, no leite e nos ovos mas, para aumentar os níveis dela, a melhor solução é ficar exposto ao sol, pois os raios solares transmitem vitamina D por meio da pele. É importante ressaltar que é necessário cuidado: o excesso de sol pode causar danos na pele e até câncer.

Além de um bom cardápio e tomar sol todos os dias, os exercícios físicos também devem fazer parte da sua rotina. Isso porque as atividades aumentam significativamente a absorção e fixação do cálcio. 

Quando a alimentação e os exercícios não são suficientes, é possível complementar com suplementos à base de cálcio.

Tais suplementos podem ajudar a completar a quantidade diária do nutriente, que varia de acordo com idade e a ausência de cálcio no organismo. Estudos indicam que o benefício primordial da suplementação é auxiliar na absorção do corpo, protegendo os ossos e os dentes da pessoa. Com isso, fraturas, osteoporose e outras patologias passam a ser evitadas.

Em matéria publicada no site do jornal O Globo, nas mulheres, esse complemento pode reduzir os sintomas da menopausa, prevenir e tratar problemas ósseos que podem ocorrer antes de depois desse período. Ainda é um forte aliado para o período gestacional ou durante a amamentação, sendo vantajoso não só para a mãe, mas também para o bebê.

Qual é a importância de consultar um especialista?

Antes de fazer uso de qualquer suplemento, é fundamental passar por exames clínicos para avaliar a saúde. Através de exames é possível diagnosticar se há deficiência de cálcio e quais os melhores tratamentos que podem ajudar a manter uma vida mais saudável, longe de fraturas e indisposições.

Além disso, a procura do médico pode ajudar a prevenir e diagnosticar o surgimento de outras doenças que a falta de cálcio pode causar, aumentando a eficiência dos tratamentos indicados e, consequentemente, facilitando o uso de medicamentos e suplementos necessários.

A falta de cálcio pode acontecer em qualquer pessoa, independentemente da idade. Mantendo em mente os cuidados que se deve ter e uma dieta equilibrada, é possível contornar a situação e levar uma vida mais leve.

Gostou das nossas dicas? Que tal conscientizar outras pessoas da importância do cálcio? Compartilhe este artigo em suas redes sociais.